Hora Certa

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

NAS MARGEM DA BR-104 EM MURICI, HOMEM É ASSASSINADO COM SEIS TIROS NA CABEÇA


Na manhã de hoje (24), A polícia de Murici registrou o assassinato de José Renato da Silva Luiz conhecido por 'Landraça' de 23 anos de idade residente no Residencial Pedro Tenório na Quadra E. Com pelo menos seis tiros de revolver calibre 38 que lhe atingiram a cabeça.

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Municípios estão autorizados a utilizar o transporte escolar municipal para universitários


Os estudantes universitários poderão utilizar o transporte escolar municipal. A decisão foi da presidente Dilma Rousseff, que promulgou uma emenda, criando a Lei Federal n.º 12.816/13. A confirmação foi divulgada pelo deputado federal Wilson Filho (PMDB).
Com a criação da Lei Federal, os gestores municipais devem procurar o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), para regulamentar o uso do veículo oficial no transporte universitário, junto ao Governo Federal. De acordo com a emenda promulgada pela presidente, os veículos poderão ser usados na área rural, no transporte de estudantes da zona urbana e da educação superior.

Para Wilson Filho, que pediu providências imediatas – na Câmara Federal – a utilização do transporte pelos estudantes do ensino superior, o aval do Governo Federal vai contribuir para que alunos de mais de 200 municípios possam ter acesso à universidade.
“Era até uma incoerência: os ônibus doados pelo Governo Federal não poderiam ser usados pelos estudantes universitários, mesmo sendo a União responsável pelo ensino superior. Foi uma vitória para os estudantes. O benefício vai possibilitar que muitos deles que estavam sem estudar devido à proibição, antes da promulgação, utilizem o transporte escolar”, comemorou o deputado, informando que os gestores ficaram livres de locar e adquirir novos ônibus.

CONFIRA O TEOR
Art. 5º - A União, por intermédio do Ministério da Educação, apoiará os sistemas públicos de educação básica dos Estados, Distrito Federal e Municípios na aquisição de veículos para transporte de estudantes, na forma do regulamento. 
Parágrafo único. Desde que não haja prejuízo às finalidades do apoio concedido pela União, os veículos, além do uso na área rural, poderão ser utilizados para o transporte de estudantes da zona urbana e da educação superior, conforme regulamentação a ser expedida pelos Estados, Distrito Federal e Municípios.

MOVIMENTO
O movimento em defesa do transporte escolar municipal para os universitários originou-se no Estado da Paraíba. Essa flexibilização permite que estudantes de nível superior residentes em pequenos e longínquos municípios também possam utilizar o transporte escolar, em especial, no período noturno, quando os ônibus escolares estão ociosos. Isso diminui as dificuldades de acesso e de conclusão do ensino superior, pois apenas na Paraíba existem mais de 200 municípios que não possuem campus universitário.
*Com informações do site Caminho da Escola

terça-feira, 23 de julho de 2013

Pré-Matrícula do Cursos IFAL pelo Pronatec

A Secretaria Municipal de Assistência Social em parceria com Instituto Federal de Alagoas – IFAL convida todos os interessados para fazer a pré-matrícula nos curso de Condutor Ambiental Local, Inglês Básico e Monitor de Recreação todos os cursos são do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). 
As Pré - Inscrições estão sendo realizadas no Link abaixo, nós períodos de 23/07/20013 à 10/08/13. 
 
Para mais informações: 
Sede do Programa Bolsa Família – Av. Dr. Marques Luz, Pista Nova Telefone: (82) 3286 – 1194 






Curso: Condutor Ambiental Local
Idade: 18 anos acima
Escolaridade: Ensino Fundamental II Completo
Carga Horaria: 240 horas
Vagas: 30
 Inscrição no sistema: até o dia 18/08/2013
Data do Curso: 02/09/2013 até 20/12/2013
Horário do Curso: 18:30 às 21:30

Atua na condução de visitantes e turistas em locais de interesse cultural existentes no lugar, desenvolvendo atividades interpretativas fundamentadas na história e memória local e em aspectos profissionais como segurança, linguagem clara e cortês e princípios socioambientais, contribuindo, deste modo, para a valorização e conservação do patrimônio existente.



Curso: Inglês Básico
Idade: 16 anos acima
Escolaridade: Ensino Fundamental II Incompleto
Carga Horaria: 240 horas
Vagas: 30
 Inscrição no sistema: até o dia 18/08/2013
Data do Curso: 02/09/2013 até 20/12/2013
Horário do Curso: 18:30 às 21:30

Compreende e usa expressões familiares e cotidianas, assim como enunciados muito simples, que visam satisfazer necessidades concretas. Apresenta-se e apresenta a outros. Faz perguntas e dá respostas sobre aspectos pessoais como, por exemplo, o local onde vive, as pessoas que conhece e as coisas que tem. Comunica-se na língua inglesa de modo simples, se o interlocutor falar lenta e distintamente e se mostrar cooperante.


Curso: Monitor de Recreação
Idade: 18 anos acima
Escolaridade: Ensino Fundamental II Completo
Carga Horaria: 240 horas
Vagas: 60
 Inscrição no sistema: até o dia 18/08/2013
Data do Curso: 02/09/2013 até 20/12/2013
Horário do Curso: 18:30 às 21:30


O curso de Monitor de Recreação forma um profissional com capacitação técnica para a condução, animação, entretenimento e trabalho com grupos de pessoas. Promove atividades diversificadas, lúdicas e recreativas. As atividades têm como objetivo, estimular a participação o entretenimento e a integração e o desenvolvimento social.


Possibilidades de Atuação
Atuar como monitor de lazer, utilizando-se de técnicas e práticas de recreação, de forma ética e responsável, zelando pela integridade dos participantes, a fim de proporcionar um lazer de qualidade e a satisfação dos participantes;
Planejar e gerir sua carreira, analisando o mundo do trabalho, suas transformações, seus impactos, riscos e oportunidades, e relacionando-os com o próprio desenvolvimento profissional, a fim de tomar decisões fundamentadas e proporcionar uma atuação estruturada, ética, consciente e com maiores possibilidades de sucesso;
Comprometer-se profissionalmente de forma sustentável, considerando os princípios do empreendedorismo, da ética, da cidadania e da qualidade de vida, a fim de imprimir um diferencial competitivo em sua profissão.




sexta-feira, 12 de julho de 2013

Após denúncia anônima, PM desarticula quadrilha suspeita em Murici

Ação da polícia deteve sete jovens, todos do município de Rio Largo. Quatro envolvidos são menores

Entre os detidos estão quatro menores, todos da cidade de Rio Largo
Sete pessoas que faziam parte de uma quadrilha suspeita de assalto foram presas na tarde desta quinta-feira (11), no município de Murici, na Zona da Mata alagoana. Duas guarnições da Polícia Militar, comandadas pelos sargentos Veloso, da 3ª Cia. local, e Bartolomeu, do 3º BPM de União dos Palmares, chegaram até o grupo após várias denúncias anônimas.
 
Felipe Juvêncio da Silva (18), Welisson Leite (20) e André Vitor Barbosa (18) foram presos durante a ação policial. Outros quatro menores, entre 15 e 17 anos, também foram apreendidos. Todos são da Mata do Rolo, no município de Rio Largo. À reportagem, um dos envolvidos disse que estava apenas passeando na cidade com os companheiros, e negou qualquer participação em crimes.
 
De acordo com o sargento Mariano, da 3ª Cia. e que também participou da ação, o bando estava parado em uma avenida próxima ao hospital da cidade em atitude suspeita. “Alguns comerciantes nos procurou informando sobre esses elementos, e que um deles, inclusive, estava armado e apavorando a população”. Após serem comunicadas, as guarnições, então, saíram em busca dos suspeitos.
 
Com o grupo, a polícia apreendeu um revólver calibre 38, municiado, e mais cinco aparelhos celulares. A quadrilha estava de posse de um automóvel Gol de cor azul e placa KIU-0755, e uma moto Honda Fan preta e placa NLZ-9392, ambos de Rio Largo.
 
Os envolvidos, juntamente com o material apreendido, foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Murici, onde foi lavrado o flagrante. Todos deverão prestar esclarecimentos ao delegado Manoel Wanderley, titular da Distrital de Murici.
 
Fotos: Erick Luisi.
Fonte: QalquerInstante.com
 


 

 

terça-feira, 9 de julho de 2013

Busca ativa de irregularidades no recebimento do Programa Bolsa Família

A equipe do Programa Bolsa Família de Murici está realizado visitas domiciliares para verificar irregularidades no recebimento do beneficio, a coordenação Municipal está fazendo sua parte, agora você deve fazer a sua parte, encontra-se na sede do programa a lista de todas as famílias beneficiarias do PBF, faça uma consulta e denuncie caso tenha família sem perfil do Programa, para os números (82) 3286-1194 / 0800 – 707 – 2003 ou enviar e-mail para cadunico.murici@hotmail.com / ouvidoria@mds.gov.br

Saiba mais sobre F I S C A L I Z A Ç Ã O

A fiscalização é uma forma de controle que visa garantir eficiência, eficácia, efetividade e transparência na gestão do Bolsa Família. Dessa forma, é assegurado que os benefícios cheguem às famílias que atendem aos critérios de elegibilidade do Programa, em conformidade com as normas vigentes.

Qualquer cidadão pode participar da fiscalização do Bolsa Família. Denúncias de possíveis irregularidades podem ser feitas pelo e-mail ouvidoria@mds.gov.br ou pelo telefone 0800-707-2003. Qualquer pessoa pode acessar a lista de beneficiários e saber quem está recebendo o benefício indevidamente através do link https://www.beneficiossociais.caixa.gov.br/consulta/beneficio/04.01.00-00_00.asp.

Além disso, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome (MDS) desenvolve ações de fiscalização in loco e à distância com base no cruzamento de dados do Cadastro Único para Programas Sociais.

As auditorias e ações de fiscalização são realizadas também pelas instituições de controle interno e externo do Poder Executivo, que compõem a Rede Pública de Fiscalização (RPF): Ministérios Públicos Federal, Estaduais e do Distrito Federal, Controladoria-Geral da União (CGU) e Tribunal de Contas da União (TCU).

O trabalho conjunto dessas instituições, integrado ao do MDS, tem como objetivo fortalecer o monitoramento e o controle das ações voltadas à execução do Bolsa Família. Todo esse processo é realizado sem que cause qualquer interferência na autonomia e competência de cada uma das instituições.

Segundo o Art. 14-A da Lei nº 10.836/2004, será obrigado a efetuar o ressarcimento da importância recebida o beneficiário que dolosamente tenha prestado informações falsas ou utilizado qualquer outro meio ilícito, a fim de indevidamente ingressar ou se manter como beneficiário do Programa Bolsa Família.

Em outras palavras, será O B R I G A D O a pagar tudo o que comeu indevidamente.







Lateral Alex Murici briga por uma das vagas de titular no CRB

De volta à rotina de treinamentos, o elenco do CRB se reapresenta na tarde desta segunda-feira, um dia depois de chegar em Maceió após a derrota para o Fortaleza no interior cearense.
O Galo inicia os trabalhos visando o duelo de domingo (18), às 19h, no Estádio Rei Pelé, contra o Brasiliense-DF, pela 4ª rodada da Série C. E a meta, como não poderia ser diferente, é continuar com 100% de aproveitamento em casa.
“A Série C é um campeonato muito difícil e curto. Ganhar em casa é obrigação e buscar pontos fora é o diferencial para uma classificação. Nosso grupo ainda está embolado e todos tem chances de chegar. Domingo vamos com tudo buscar nossa vitória”, disse o volante Marcinho Guerreiro, que fez sua reestreia com a camisa regatiana no último sábado.
O desfalque certo para o técnico Márcio Goiano será o lateral-direito Paulo Sérgio, que foi expulso. Para a posição o treinador pode escalar Paulo Fernando, Alex Murici, atletas da posição, ou até o volante Diego Aragão, que já atuou na posição por diversas vezes mas que não deve ser o escolhido.
Com uma semana para treinamentos, o treinador do Galo vai poder escolher com calma o substituto de Paulo Sérgio. Além disso, o comandante não deve fazer mudanças bruscas em relação ao último time. O que pode se diferenciar é o esquema tático, saindo do 4-5-1 e indo para o 4-4-2, e neste caso sacando um meia e colocando um atacante.

Atual elenco do CRB:
Goleiros: Tiago, Cris (base), João Paulo (base) e Júlio César (ex-Red Bull-SP);
Laterais-direitos: Paulo Fernando (base), Paulo Sérgio (ex-Ceará-CE) e Alex Murici (ex-Murici-AL);
Zagueiros: Filipe, Yuri (base), Audálio (ex-ASA-AL), Marcus Vinicius (ex-Red Bull-SP) e Daniel Marques (ex-São Berrnardo-SP);
Laterais-esquerdos: João Victor (ex-Ipatinga-MG), Waldeir (base) e Djavan (ex-Corinthians-AL);
Volantes: Diego Aragão, Marcos Antonio (ex-Boa Esporte-MG), Johnnattan (ex-Noroeste-SP), Thiaguinho (ex-Boavista-RJ) e Marcinho Guerreiro (ex-Ituano-SP);
Meias: Jairo (ex-América-RN), Thiago Potiguar (ex-Corinthians-AL), Aurélio (ex-CEO-AL), Alef (base), Léo (ex-Étoile du Sahel-Tunísia) e Danilo Sacramento (ex-Bragantino-SP);
Atacantes: Matheus (base), Carlão (ex-Grêmio-RS), Schwenck (ex-Guarani-SP), Denilson (ex-Red Bull-SP), Zé Paulo (ex-Campinense-PB) e Afonso (ex-Acadêmica-Portugal).
Técnico: Márcio Goiano

Patrocinadores confirmados: Gerovital (EMS), Lojas Guido, Grupo Coringa, Governo de Alagoas, Prefeitura de Maceió e TIM.

Fornecedor de material esportivo: Kanxa.

Aluno de medicina terá de trabalhar 2 anos no SUS para receber diploma

Os alunos que ingressarem nos cursos de medicina a partir de 2015 terão que atuar dois anos no Sistema Único de Saúde (SUS) para receber o diploma. A medida é válida para faculdades públicas e privadas e faz parte do Programa Mais Médicos, anunciado hoje (8) pelo governo federal. Com isso, o curso passará de 6 anos para 8 anos de duração.
Os estudantes irão trabalhar na atenção básica e nos serviços de urgência e emergência da rede pública. Eles vão receber uma remuneração do governo federal e terão uma autorização temporária para exercer a medicina, além de continuarem vinculados às universidades. Os profissionais que atuarem na orientação desses médicos também receberão um  complemento salarial. Os últimos dois anos do curso, de atuação no SUS, poderão contar para residência médica ou como pós-graduação, caso o médico escolha se especializar em uma área de atenção básica. 
Com a mudança nos currículos, a estimativa é a entrada de 20,5 mil médicos na atenção básica. "Esse aumento será sentido a partir de 2022, quantos os médicos estarão formados", disse o ministro da Educação, Aloizio Mercadante.
De acordo com os ministérios da Educação e Saúde, as instituições de ensino terão que acompanhar e supervisionar o aluno. Após o estudante ser aprovado no estágio no SUS, a autorização temporária de exercício será convertida em inscrição no Conselho Regional de Medicina. Por haver recursos federais no programa, os alunos das escolas particulares deverão ficar isentos do pagamento de mensalidade. Esse trabalho na rede pública não acaba com o internato, no quinto e no sexto anos do curso.
Até 2017, a oferta de vagas nos cursos de Medicina terá um aumento superior a 10%. Com o programa Mais Médicos, serão abertas 3.615 vagas nas universidades públicas e, entre as particulares, devem ser criadas 7.832 novas matrículas.
O aumento deve ser sentido este ano, quando abertas 1.452 vagas. Em 2014, serão 5.435, anuciou Mercadante. De acordo com o ministro, haverá uma descentralização dos cursos que serão instalados em mais municípios. A residência médica terá de acompanhar o ritmo de vagas abertas na graduação.
"Não basta abrir curso de medicina para fixar um médico em uma região que temos interesse para ter. É preciso residência médica, que é um fator decisivo para a fixação, além de políticas na área de saúde. Estados que têm oferta de residência médica, tem uma concentração grande de médicos, como Rio de Janeiro e São Paulo", disse o ministro.
Segundo ele, haverá uma melhor distribuição dos cursos pelo país. Atualmente, 57 municípios oferecem cursos de medicina, com o programa de residência. Mais 60 passarão a ofertar, totalizando 117 municípios no país. Isso acarretará, para as federais, a contratação de 3.154 professores e 1.882 técnicos-administrativos.
Nas particulares, segundo Mercadante, não haverá mais a "política de balcão", onde os institutos apresentam as propostas para a abertura de cursos. Agora, a oferta de cursos de medicina será definida por meio de editais públicos, de acordo com a necessidade do país. "Vamos verificar as áreas que têm condições e necessidade de ofertar vaga e lá ofertaremos".


Fonte: Agência Brasil